O exemplo Nuno Gomes
Texto de José Esteves de Aguiar em novobenfica.blogs.sapo.pt

Sempre admirei Nuno Gomes como jogador e, desde que tenho o privilégio de o conhecer pessoalmente, passei a fazê-lo também devido à sua enorme dimensão humana. Como jogador, sempre admirei a forma como joga inteligentemente, sempre em prol da equipa, sem ter a obsessão de ser ele a marcar. Há quem diga que ele, sendo ponta-de-lança, deveria marcar muitos mais golos, mas é preciso perceber que a forma do Nuno jogar é muito mais rentável como apoio ao ponta-de-lança, do que metido em cunha no meio da defesa contrária. No entanto, já o vimos em muitos jogos em missão de sacrifício, a lutar contra defesas centrais fisicamente bem mais possantes do que ele. Certo é que há números que fazem de Nuno Gomes uma figura incontornável da história do Benfica e do futebol português: – faz parte do top ten dos melhores marcadores de sempre do nosso clube, com mais de 160 golos marcados- marcou pelo Benfica em todas as competições em que participou, sendo o único jogador que o fez- é o quarto melhor marcador de sempre do Benfica em competições europeias- é o quarto melhor marcador da história da selecção nacional e o melhor marcador em actividade, tanto da Selecção como da Liga Portuguesa- é o quarto jogador da história do futebol que marcou em três Campeonatos Europeus seguidos: Euro 2000, Euro 2004 e Euro 2008- no Euro 2000 foi mesmo o terceiro melhor marcador, tendo sido escolhido para a equipa ideal da competição- marcou os dois primeiros golos do Benfica na nossa nova Catedral, sendo o jogador do nosso clube que mais golos lá marcou até hoje Muitos mais dados estatísticos poderiam ser aqui desfiados, mas só estes já demonstram bem o que Nuno Gomes deve significar para todos os Benfiquistas e mesmo para adeptos de outros clubes, que muito vibraram com golos decisivos que ele marcou pela Selecção Nacional. Já na presente época, embora esteja a ser muito pouco tempo utilizado, teve oportunidade de demonstrar – como se tal fosse necessário – a sua enorme utilidade, seja para marcar golos decisivos, seja para os construir para outros finalizarem. Como referi acima, o valor do Nuno Gomes vai muito para além do que joga e faz jogar. Trata-se de uma pessoa com uma enorme disponibilidade para ajudar em causas humanitárias e sociais, nunca regateando um sorriso e uma palavra amiga, perante o sofrimento alheio. É alguém que percebe perfeitamente a importância de fazer a sua parte, de estar consciente da responsabilidade social da profissão de futebolista. Recentemente, o Nuno Gomes deu-nos mais uma prova de quão ligado está ao Benfica. Recebeu convites de vários clubes, de diversas partes do Mundo – incluindo de dois dos campeonatos mais competitivos da Europa – para se transferir definitivamente ou a título de empréstimo. Nalguns desses clubes poderia ter oportunidade de jogar mais frequentemente, aumentando assim as suas hipóteses de ser convocado para o Mundial a disputar na África do Sul. No entanto, a sua dedicação ao Benfica falou mais alto, tendo escolhido permanecer entre nós, para ajudar o nosso clube a alcançar as suas metas. Espero que o seleccionador nacional tenha o bom senso de convocar o Nuno, que é ainda hoje um jogador fundamental para a nossa Selecção, pelos golos decisivos que marca, pelos que dá a marcar e pela mística que transmite. Já basta ter que prescindir dele quando resolver “arrumar as botas”!

design bragalink.com | desenvolvimento easyconnect.pt
© 2020 Nuno Gomes